símbolo símbolo símbolo símbolo jacob


Artigo publicado no JORNAL DE BRODOWSKI, nº 44, fevereiro/2006 :
GENTE COMO A GENTE

ANTONIO DOUGLAS ZAPOLLA / TARCILIA

.

         Sentado em minha escrivaninha, ao lado da velha máquina de escrever, meditando e terminando de escrever o roteiro de mais um filme que receberá oa titulo de " ACONTECEU NAQUELE DIA ", fiquei meditando.
"Estou em divida com alguém muito especial em Brodowski." Um homem integro, sério, trabalhador, esportista nato, e colaborador com grandes méritos de programas sociais que enriquecem o seio de nossa sociedade e da família, com sua presença constante e honradez.

ANTONIO DOUGLAS ZAPOLLA !

É necessário dizer algo mais ?

Meio século de vida. Uma existencia sem mácula, construindo, prosperando e colaborando.
Ex-atleta e secretário do C.A.Bandeirante, campeão pela Liga Batataense de Futebol, em 1.971. Ex-Presidente do Projeto Amanhecer. Ex-Presidente do Lions Clube. Ex-Venerável da Loja Maçonica Luz de Brodowski. Ex-Delegado da 42a. Região Maçonica, do Grande Oriente Paulista, etc., etc., etc......

No Lions Clube de Brodowski, onde foi um dos associados fundadores, em 09 de fevereiro de 1.977 e Presidente por trez vezes, ao lado de outros abnegados, construiu o Velório Municipal Lions Clube e sua imponente sede social, CENTRO SOCIAL LIONS CLUBE, situada na Rua José Fabbri.

Douglas é esteio de tudo, correndo de lá para cá, sempre procurando soluções para os problemas cotidianos.

ANTONIO DOUGLAS ZAPOLLA ! O que seria do mundo sem homens como voce e outros mais ? Sério às vezes, meio taciturno e com cara de poucos amigos, mas quem o conhece, sabe aque ali se esconde um coração e caráter magnanimo. Nossa cronica foi criada para isso : Divulgar valores, homens e mulheres que ajudam a construir um mundo cada vez melhor, mais humano, mais fraterno, mostrando o lado bom da vida, e voce, ANTONIO DOUGLAS ZAPOLLA, é um deles.

No aniversário de fundação do LIONS CLUBE DE BRODOWSKI, o jornal JB congratula-se com todos os seus integrantes.!


CAETANO JACOB
Colunista do JORNAL DE BRODOWSKI, fevereiro/2006, edição nº 44

Nota : Esta cronica eu dedico à minha esposa, MARIA TARCILIA, por tudo que ela representa em minha vida, e que certamente contribui em muito para que eu possa ser o que sou.


Voltar para página inicial